Mitos e verdades sobre caspas

Coceira, irritação no couro cabeludo e descamação são os sintomas mais comuns da dermatite seborreica, mais conhecida como caspa. O problema pode se agravar com o clima seco, estresse, disfunção hormonal, uso de água muito quente, bebida alcoólica e até alimentação rica em açúcares e gorduras.

Apesar de ainda não ter cura, a caspa não é contagiosa e pode afetar homens e mulheres de todas as idades. Todos os dias, as células do couro cabeludo são renovadas, mas o aumento dessa renovação pode irritar o couro cabeludo formando os “flocos brancos” que caracterizam a caspa.

  1. A caspa é uma doença?

Mito – Ao contrário do que maioria pensa, a caspa não é uma doença e não tem nada a ver com a falta de higiene. Ela é um estado do couro cabeludo.

  1. Lavar os cabelos todos os dias provoca caspa?

Mito – Entretanto, a alta temperatura da água pode fragilizar o couro cabeludo e contribuir com o aparecimento da caspa.

  1. Os shampoos anticaspa ressecam os fios?

Mito – Se for um shampoo de qualidade, a resposta é não resseca o cabelo.

  1. Lavar a cabeça mais vezes ao dia ajuda?

Mito – Muito pelo contrário, pode até agravar o problema. O excesso de lavagem pode irritar o couro cabeludo.

  1. Eucalipto auxilia no controle da coceira?

Verdade – O eucalipto é conhecido por ter importantes propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas.

  1. Anticaspa resolve o problema?

Mito – Pessoas com tendência ao aparecimento da caspa devem controlar o problema com o uso contínuo do shampoo.

  1. Caspa ocasiona queda de cabelo?

Verdade –  A caspa atinge diretamente o couro cabeludo e podem acontecer quedas.

  1. Suco de tomate ou de limão no couro cabeludo são medidas caseiras para se tratar a caspa, elas funcionam?

Mito – Essas técnicas não são comprovadas por estudos científicos.

Leave a reply

Your email address will not be published.