Labor

Efeitos do colágeno para mulheres

by Labor 0 Comments

Proteína capaz de regular a firmeza e a elasticidade da pele garante a ordenação dos tecidos do corpo. Produzido de forma natural pelo corpo humano, a partir de aminoácidos e vitamina C, também pode ser encontrado em carnes, gelatinas e suplementos alimentares.

Tem como efeito semelhante a ação do cimento em nossas células, pois é usado na conexão dessas, fazendo com que essa substância seja eficiente e tenha a capacidade de dar estrutura e firmeza nos tecidos, como pele e osso.

Mas, o que é colágeno hidrolisado?

O colágeno hidrolisado é um suplemento alimentar, tendo como matéria prima principal ossos e cartilagens de origem bovina, podendo ser usados para auxiliar a promoção de colágeno pelo próprio corpo, ajudando não só na melhoria dos aspectos da pele, também fortalecer as articulações, unhas e cabelos.

Este suplemento é comercializado na forma de cápsulas ou em pó, que deve ser diluído em sucos, água ou chás.

Essa suplementação é comumente recomendada para pessoas a partir dos 30 anos, mas não tem contraindicação para o uso antes dessa idade, por pessoas que passam muito tempo expostas ao sol, poluição, fumam, têm deficiências ósseas e que possuam dieta pouco saudável, pois todos esses fatores são capazes de estimularem o envelhecimento da pele e também têm a capacidade de interferir na produção de colágeno pelo organismo.

Benefícios do colágeno

A principal função é dar maior elasticidade e firmeza aos tecidos, reduzindo os sinais mais diversos de envelhecimento, por exemplo, para entender melhor o efeito do colágeno no nosso corpo é necessário que o imagine como cimento capaz de conectar as células.

Se imaginarmos uma casa que tenha o cimento danificado e velho, a aparência não é uma das mais agradáveis, não é mesmo?

Assim como a estrutura não estará tão firme. Mas, quando o cimento está intacto, a casa fica mais bonita e tem estrutura mais confiável.

O colágeno tem o mesmo papel e também envelhece com o passar do tempo, a depender dos hábitos e a depender da idade esse “cimento” é produzido e substituído pelo próprio corpo, mas com o passar do tempo pode ser ingerido.

Porém, os benefícios do colágeno não se prendem só a pele, as veias do nosso corpo também ficam mais firmes, pois são feitas de colágenos. Os músculos também, por serem feitos de colágeno e por se beneficiarem dessa substância.

É possível perceber que todo o corpo é beneficiado pela ingestão de colágeno, pois essa proteína é capaz de garantir a estrutura adequada das células e por fazer isso no corpo inteiro, possui diversos benefícios.

Podemos listar:

  • Aumento da firmeza e elasticidade da pele;
  •  Prevenção e redução de celulites;
  •  Prevenção de estrias;
  • Prevenção de rugas;
  • Fortalecimento dos tecidos;
  • Fortalecimento capilar;
  • Proteção do sistema circulatório;
  • Melhora na construção muscular.

A falta de colágeno

Algumas doenças estão relacionadas a falta ou a redução da produção de colágeno, sendo elas: artrite, Fibromialgia, Bursite e tendinite, Escorbuto, Problemas articulares, Problemas ósseos, Rugas, Pele menos elástica e Diminuição da densidade dos ossos

Quem pode abrir uma MEI?

by Labor 0 Comments

Está buscando maior conhecimento sobre MEI? Você está no lugar certo! A primeira informação que você precisa saber é que o processo de abrir e de cancelar MEI poder ser realizado pelo portal online e é totalmente gratuito.

Ao se cadastrar como MEI além de receber o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), passará a ter benefícios da previdência social.

Quem pode ser Microempreendedor Individual?

Quem tem rendimento anual máximo de R$ 60.000,00, que não seja sócio ou titular de outra empresa, tendo no máximo um funcionário remunerado com um salário mínimo vigente ou o piso vigente da categoria.

O passo mais importante é que o microempreendedor precisa ter uma atividade que se encaixe em uma das categorias permitidas, a lista está disponível no portal, antes de dar entrada em qualquer processo é importante que se verifique essas atividades.

O cadastramento é realizado pelo portal, procure a opção Formalize-se, onde é pedido o fornecimento dos dados pessoais. Caso haja dúvidas dirija-se ao SEBRAE ou ligue: 0800-570-0800.

Depois de realizar o cadastramento do MEI, são gerados o CNPJ e o número de Inscrição na Junta Comercial, assim não há a necessidade de encaminhar os documentos a esse órgão do seu município.

Após a formalização há um custo mensal, apenas o cadastro é gratuito.

Apesar de empresas terem impostos a serem pagos o Microempreendedor Individual não tem a necessidade de pagar impostos federais, estaduais e municipais, seu recolhimento acontece de forma simplificada, apenas uma única guia mensal, a qual pode ser retirada pelo site ou pelo aplicativo.

Quanto custa a MEI?

A arrecadação mensal do MEI é no valor de R$ 47,85 (comércio ou indústria) ou R$ 51,85 (prestação de serviços) ou R$ 52,85 (comércio e serviços), os valores correspondem ao INSS e taxas de arrecadação do município de R$ 5,00 ou R$ 1,00 do estado.

Já para o INSS o valor corresponde a 5% do salário mínimo, por isso sofre reajustes anuais e a depender do seu estado e/ou município pode cobrar taxas sobre a atividade exercida.

O pagamento só pode ser realizado até o 20º dia de cada mês, em qualquer rede bancária ou casas lotéricas.

Ser um microempreendedor individual – MEI é pode trabalhar de maneira legalizada, é bastante fácil e gratuito realizar o cadastro MEI.

Já para cancelar MEI basta acessar ao Portal do Empreendedor e solicitar a baixa do registro. Após realizar essa baixa ao Microempreendedor deve o preencher a Declaração Anual e seguir o passo a passo: DASN – SIMEI de Extinção – Encerramento, basta acessar o Portal do Empreendedor através do Portal do Simples Nacional.

O encerramento da microempresa pode ocorrer mesmo que haja irregularidades em suas obrigações tributárias, previdenciárias ou trabalhistas, principais ou acessórias, garantido pelo artigo 9º da LC nº 123, o qual também garante que não haverá prejuízo por tais obrigações.

A baixa sem a quitação dos débitos não impossibilita que futuramente não sejam cobrados os impostos contribuições e penalidade decorrente a essa falta de recolhimento.

Em caso de cancelamento do MEI ele não pode ser reaberto, mas o mesmo empreendedor pode obter outro CNPJ.

A realidade da aposentadoria no Brasil

by Labor 0 Comments
A realidade da aposentadoria no Brasil

No artigo de hoje quero falar sobre um assunto que tem um pouco de polêmica, mas acho que o mais importante…Tem muito tabu.

Muitas pessoas não querem acreditar no que está acontecendo. Não querem cair na real. O tema do post de hoje vai ser a dura realidade da aposentadoria no Brasil.

Eu falo sobre a questão “polêmica” porque tem rolado um papo sobre a questão da reforma da previdência.

Dependendo de quando você esteja lendo esse texto, pode ser que ela já tenha rolado, pode ser que ela não tenha acontecido.

Mas eu vejo muita gente preocupada com a reforma da previdência…Vão mexer com as regras? Vai afetar seu bolso?
E isso e aquilo…Algumas pessoas a favor, outras pessoas contrárias.

E o meu objetivo nesse artigo não é falar especificamente sobre isso… É dar minha opinião sobre isso.

Previdência Privada no Brasil

O fato é que existe um déficit imenso de centenas de bilhões de reais e que mais dia menos dia ele vai ter que ter algum tipo de mudança para poder essa conta fechar em algum momento.

Mas o que é o mais importante aqui é que eu vejo as pessoas preocupadas com isso, mas não caem na real que atualmente mais de 99% dos aposentados brasileiros não são financeiramente independentes. E por que isso acontece?

Porque essas pessoas, em sua grande maioria, dependeram apenas no INSS para poder se aposentar.

O que muita gente pensa é o seguinte: “Ah não, vou trabalhar por 30, 35, 40 anos e lá na frente vou ficar com minha liberdade financeira. Vou alcançar minha tão sonhada tranquilidade financeira e curtir meus últimos dias.”

Você já parou para pensar que essa conta não fecha? Você já parou para pensar que a aposentadoria tradicional, mesmo com as regras atuais…

Quaisquer que sejam as regras… Ela vai te empobrecer ao longo do tempo? E porque que isso acontece?

Porque se você parar para pensar e fizer uma busca rápida, você vai ver que a correção dos valores da aposentadora, eles muitas vezes ficam abaixo até da inflação.

Em compensação o custo de vida das pessoas mais velhas sobe assustadoramente. O custo sobre assustadoramente. Principalmente a questão de saúde.

Planos de saúde, custos relacionados à questão de saúde. Tudo vai ficando mais caro. Então, o que as pessoas não perceberem é que além de o dinheiro estar sendo corrigido numa velocidade menor, o seu custo vai crescendo cada vez mais.

Uma outra dica é que você confira seu extrato pagamento INSS e ver como os valores são baixos nos últimos anos.

Como planejar o futuro sem depender da aposentadoria?

Por isso que muitas vezes lá na frente as pessoas precisam depender dos seus parentes… Seja dos filhos, sejam os irmãos…Quaisquer que sejam os parentes.

Ou depender de algum tipo de ajuda externa. Ou passar dificuldades grandes. Ou ter que diminuir demais seu padrão de vida.

Vender parte do patrimônio que tem para conseguir sobreviver até o final da vida. E por que estou falando isso tudo?

Porque eu vejo muita gente preocupada com essa questão da reforma da previdência, mas não está preocupado com o próprio futuro em si.

Porque independente de ter reforma ou não, isso não vai garantir um futuro financeiro tranquilo para você. Essa que é a grande questão, independente da sua idade atualmente.

Se você ainda é jovem, você tem muito tempo para mudar esse cenário. Se você não é mais tão jovem assim, qualquer
tempo que tiver é o suficiente para fazer algum tipo de mudança na sua vida.

Mas o que você precisa entender de uma vez por todas é que o seu futuro está em suas mãos. Acho que essa que é a grande questão. O que é mais interessante é que o segredo, vamos dizer assim…

O “segredo”, uma palavra tão mística… Mas o segredo para você ter sucesso, sucesso financeiro é gastar menos do que você ganha e investir essa diferença com qualidade.

Tem muita gente que fala, “Ah, isso é muito repetitivo, todo mundo fala isso”. É. É porque muitas vezes você entende esse “gastar menos do que você ganha” como “tenho que poupar o máximo que eu puder”, “tenho que baixar minha qualidade de vida”, “não posso gastar com nada que seja extra”. Não tem nada a ver com isso.

Um orçamento equilibrado permite que você faça gastos extras. E o que é mais interessante ainda, a frase do jeito que é formulada: “Gastar menos do que você ganha”.

Parece que a única forma de você fazer sobrar dinheiro é gastando menos. Mas também tem o lado do ganhar mais. Você também pode ganhar mais dinheiro.

Você pode buscar não só formas de se aperfeiçoar profissionalmente para crescer, para seguir uma carreira de mais sucesso, uma carreira de mais remuneração…

Como criar projetos paralelos, ter seu próprio negócio, qualquer que seja o caminho que você vai seguir. E existem inúmeros, tá? Existem inúmeros caminhos.

Criar seu próprio negócio, aumentar sua renda, se tornar um profissional melhor. Existem inúmeros caminhos para você aumentar sua renda.

Então, você ter mais sucesso financeiro passa não só por você gastar menos, mas também como ganhar mais. Quanto mais você ganha e menos você gasta.

Você estabelece um padrão de vida legal e aproveita cada aumento de renda para poder investir mais no seu futuro financeiro, melhor vai ser sua vida financeira. É fácil fazer isso? Não, fácil não é.

É divertido? Para muita gente não. Você está abrindo mão para estar gastando algo agora para poder cuidar do seu futuro…

Muitas vezes as pessoas pensam, “Eu nem sei como vai ser o dia de amanhã.” Mas se o dia de amanhã chegar e você não estiver protegido, não estiver preparado? Como é que vai ser o dia de amanhã? Essa que é a grande questão.

Para muita gente, quando tem um pouquinho mais de dinheiro sobrando, as pessoas já pensam, “Ah não, eu quero
comprar uma casa maravilhosa, um carro novo, ostentar um estilo de vida muito melhor.”

E claro, isso passa pela cabeça de todas as pessoas, mas a grande questão é: eu quero ter isso agora em troca de um futuro totalmente comprometido? De um futuro onde eu possa vir a passar necessidades?

Onde eu possa vir a baixar demais meu padrão de vida? Eu posso vir a ser um estorvo para meus filhos ou para meus irmãos, o que quer que seja, porque eu vou ter que depender deles. Eu tenho certeza que você não quer isso.

Acho que essa é a grande reflexão.

Quem precisa fazer passaporte?

agendamento passaporte rjJá dizia o velho ditado “O seguro morreu de velho”, e quando se trata de documentos, toda precaução é pouca.

Falamos isso porque no Brasil, a quantidade de burocracia pode e provavelmente vai atrapalhar muito a sua vida caso as coisas sejam feitas de última hora.

Nessa matéria, iremos esclarecer quem precisa fazer um passaporte, por que fazer e como fazer.

Por isso, continue lendo o artigo até o final!

Quem precisa tirar o passaporte?

Já pensou em estar com aquela viagem maravilhosa marcada e acabar perdendo o voo porque deixou para tirar o passaporte em cima da hora?

Infelizmente, isso não é algo incomum de acontecer, e por isso é importante dar entrada no passaporte o mais rápido possível, mesmo que não exista nenhuma viagem agendada.

Assim você terá mais tempo e resolverá as coisas com mais tranquilidade.

O que é o passaporte?

O passaporte é um documento que atesta a nacionalidade do cidadão em um país estrangeiro, além disso, ele dá ao cidadão de um país, a permissão de cruzar a fronteira de um país estrangeiro.

Sendo assim, quando em solo estrangeiro, o passaporte irá funcionar como uma carteira de nascimento, e é de porte obrigatório.

Além disso, o passaporte é um documento oficial pode ser utilizado no lugar do RG ou CNH para abrir conta em banco, fazer financiamento, entre outros.

Como tirar um passaporte?

Agora que você já sabe para que serve um passaporte, que tal descobrir como solicitar o seu?

Confira o passo a passo que criamos, para que todas as informações fiquem claras!

Fazendo a solicitação

Com os documentos em mão, entre no site da Polícia Federal e preencha o formulário.

Este formulário irá solicitar os seus dados, documentos e outras informações pessoais. O formulário é de fácil preenchimento e não leva muito tempo para ser respondido.

Vale lembrar que todas as informações que constam na solicitação devem ser verdadeiras.

Após confirmar os dados e finalizar o formulário, você terá acesso ao número de protocolo da sua solicitação e a um boleto do Guia de Recolhimento da União (GRU) que deverá ser pago.

Pague o GRU de pagamento

O Guia de Recolhimento da União é uma taxa de emissão no valor de R$ 257,25.

O valor precisa ser pago corretamente, e após a compensação bancária que leva em média 24 horas para ser feita, uma nova função irá surgir para você no site da Polícia Federal.

Agendamento

Assim que o GRU for compensado, no próprio site da Polícia Federal irá surgir uma aba de agendamento de atendimento.

Não é possível seguir para o próximo passo sem antes fazer o agendamento passaporte rj, então tenha em mente que você deverá seguir até o posto da polícia federal no dia e hora marcados, cuidado para não errar.

Será necessário informar o seu CPF, número do protocolo da solicitação e sua data de nascimento, após isso, basta escolher o que for melhor para você, entre os endereços, dias e horários disponíveis.

Etapa final

No dia e hora, compareça ao posto da Polícia Federal escolhido quando fez o seu agendamento.

É necessário levar todos os seus documentos originais, o comprovante de pagamento do GRU, protocolo de solicitação e o comprovante de agendamento.

Apenas crianças com até 3 anos de idade precisam levar uma foto colorida 5×7, fora isso, após ser feito a triagem e os documentos serem conferidos, um policial irá tirar uma foto para constar no passaporte e coletar suas impressões digitais.

O prazo de entrega do passaporte é de até 6 dias úteis, mas você pode acompanhar todo o processo pelo site da Polícia Federal.

Documentos necessários

Ficou na dúvida sobre quais documentos você terá que separar para tirar o passaporte? Então confira a lista abaixo:

  • Documento de identificação com foto
  • Certidão de casamento (Caso tenha mudado de sobrenome)
  • Titulo de eleitor e comprovantes de votação da última eleição ou quitação da multa
  • CPF
  • Quitação de serviço militar obrigatório
  • Certificado de Naturalização (Caso seja naturalizado)
  • Primeiro passaporte (caso não seja o primeiro)
  • Autorização do responsável legal (Para menores de 18 anos)

Como tratar problemas causados pela diabetes em homens

by Labor 0 Comments

A impotência sexual ou disfunção erétil afeta homens de todas as idades e significa a dificuldade em manter ou ter uma ereção dura o suficiente para transar.

Logo, quase todos os homens passa por uma fase dessas durante a vida. Porém os homens com a doença (diabetes) são mais afetados pelo problema.

Isso mesmo, se você tiver diabetes e for homem terá grandes chances de sofrer com problemas de impotência ou disfunção erétil.

Abaixo você pode conferir uma lista de fatores que contribuem para o aumento da impotência sexual (ou disfunção erétil) em pessoas do sexo masculino:

  • Má circulação do sangue;
  • Sensibilidade no pênis;
  • Aterosclerose;
  • Problemas relacionados à ansiedade;
  • Stress e rotina cansativa;
  • Falta de controle na glicemia;

Temos que ressaltar aqui que você pode precisar de acompanhamento de um especialista para tratar o problema de impotência sexual caso sofra de diabetes.

O tratamento com remédios naturais masculinos não é tão eficaz para homens que sofrem com o problema, pois a diabetes pode prejudicar, além da ereção masculina, o coração, nervos e vasos sanguíneos devido a grande quantidade de açúcar no sangue.

O entupimento dos vasos sanguíneos em homens que sofrem com diabetes é comum, graças ao entupimento dos vasos (aterosclerose) por conta de um acúmulo de gordura nas paredes penianas.

Além disso os nervos também são grandes responsáveis por uma ereção dura e duradoura.

A maioria dos homens fica deprimida, triste e estressada ao passar por uma situação de impotência, seja qual for a idade, condição social e estado civil.

É preciso muita coragem para encarar o problema de frente, procurar ajuda e começar a se tratar.

O que é possível fazer para tratar a impotência sexual masculina?

Existem algumas formas de tratar e até mesmo curar problemas de disfunção erétil, impotência sexual e ereção em homens com diabetes.

Na lista abaixo você pode conferir algumas das formas de tratamento mais indicada para você:

  • Ter uma alimentação equilibrada e saudável;
  • Realizar o controle dos níveis de açúcar no sangue;
  • Usar corretamente os medicamentos prescritos pelo seu médico;
  • Fazer exercícios físicos pelo menos 30 minutos por dia (primeiro você precisa conversar com o seu médico para ter mais informações sobre a sua condição física);
  • Realizar exames e acompanhamento periódico com seus médicos;

Caso você tenha percebido sinais de impotência sexual e problemas na hora da transa a recomendação é que você procure um profissional o quanto antes.

Alguns remédios naturais para ereção também podem te ajudar a manter sua vida sexual melhor e mais agitada.

Remédios naturais para impotência

Existem vários remédios naturais como o Androxon Bula, mas se você não associá-los há uma rotina saudável terá problemas da mesma forma.

Os remédios não são a cura definitiva para o seu problema, para agir de maneira correta eles precisam que você pratique exercícios físicos, coma direito e durma bem todas as noites.

Além disso, vale a pena deixar os problemas e o estresse do trabalho fora da cama. Será que você consegue?

Alguns homens ficam depressivos e sentem muita vergonha para procurar qualquer tipo de ajuda. Não seja você mais um nessa triste estatística.

Você sofre com problemas de disfunção erétil ou já sentiu alguma vez problemas para ficar com o pênis duro durante a transa? Outra coisa, já tomou algum Viagra natural para tentar solucionar o problema?

Confira ótimas ideias de renda extra

by Labor 0 Comments

Olá, como você está? Hoje falaremos sobre 6 ideias ótimas sobre renda extra. Eu já tive uma experiência com renda extra e vou contar agora para vocês.

Foi o seguinte: Eu fiz um curso e nele precisei montar uma empresa e vender um produto.

Eu tive uma sócia e nós vendemos, durante cinco dias, palha italiana gourmet. Vendíamos na hora do almoço e à noite também.

E durante esses cinco dias nós tivemos um lucro de mais de R$400. Fomos nós que ganhamos o desafio? Não. Quem ganhou foi uma menina que vendeu morangos. E, pasmem, ela teve um  lucro de mais de mil reais em apenas cinco dias de vendas.

Com essa experiência eu pude notar o poder da renda extra e como ela pode acrescentar no seu orçamento. Então, vamos às ideias.

Primeira ideia: AirBnB

Você que está com um quarto vago no seu apartamento ou casa, saiba que você pode colocar ele no AirBnB e ganhar um bom dinheiro com isso. Ou você também pode alugar todo o seu apartamento ou casa ou participar do AirBnB trips, se tornando um guia turístico.

Caso essa possibilidade esteja disponível na sua cidade. Imagina, levando as pessoas e apresentando os pontos turísticos para elas e ganhando dinheiro com isso.

Dois: Hospedar animais

Você gosta de animais de estimação e tem espaço na sua casa para recebê-los? Saiba que isso pode ser uma ótima fonte de renda extra. Tem sites na Internet que já te ajudam. Por exemplo: Doghero, Pethub.

Você pode ir lá se cadastrar e se tornar um anfitrião e receber esses lindos animais na sua casa. Muita fofura.

Terceiro: Carro

Você pode alugar o seu carro para outras pessoas. Tudo por aplicativo. Você pode dar caronas, corridas compartilhadas ou utilizar o seu carro para trabalhar com ele nas horas vagas.

Como por exemplo: ser Uber. Quarta ideia: Do it Yourself, DIY.

Quarto: Vender comida

Você leva jeito na cozinha? Adora cozinhar? Gosta de fazer um docinho, coisas salgadas? Saiba que tudo isso você pode vender. Eu vejo muitas pessoas vendendo docinhos, brigadeiros palha italiana, bolo, bolos fit.

Vejo também vendendo salgadinhos, biscoitos. Enfim, tem uma variedade enorme que você pode escolher, fazer e vender. E eu adoro comer também.

Outra coisa que você pode fazer é dar aulas particulares. E você pode utilizar a Internet a seu favor. O Skype dá aula para o Brasil inteiro.

Você também pode prestar serviços a domicílio, como por exemplo: manicure, pedicure, cabeleireiro, maquiador.

Você pode customizar roupas para vender. E, lógico, pode usar a Internet a seu favor. Anunciar no Instagram, Facebook e aumentar o seu faturamento.

Pode anunciar também no Whatsapp, cria um grupo de transmissão e manda para todos os seus contatos. E uma coisa muito importante, venda o que você não usa mais, o que fica encalhado na sua casa só ocupando espaço. Com isso você pode fazer uma renda extra.

Vá naquele quartinho da bagunça e comece a procurar alguma coisa para vender. Aproveita e cria um novo espaço.

Quinta ideia: revenda de produtos. Na revenda entram as semijoias, as bijuterias que você pode comprar e revender.

Entram aqueles cosméticos que você já está acostumado a ouvir. Como: Jequiti, Avon, Natura e por aí vai. Também tem os produtos de marketing multinível, que você pode revendê-los.

Mas, presta atenção. Só entre neste mercado se for o seu perfil, o perfil de vendedor. Aquele que vai bater de porta em porta, se comunicar, tentar vender pessoalmente e pela Internet. O Curso F15D Network pode te ajudar muito nisso.

Então, fiquem bem atento a isso. Se você tem alguma fonte de renda extra, conta para a gente, comenta embaixo deste artigo porque você pode dar ideias para as outras pessoas que lerem os comentários e enriquecer o conteúdo. Vamos ajudar esse Brasil, ok?

Sexta ideia: Internet. Na Internet você consegue trabalhar respondendo pesquisas online. Ou, se você gosta de bater fotos, também pode vendê-las. Ou criar o seu info produto. Por exemplo: um ebook, um curso. Ou você pode ser um afiliado e revender o info produto de um terceiro.

Pode criar um blog, colocar o conteúdo e deixar com os anúncios. Pode criar um canal no YouTube. Pode criar um e-commerce.

Enfim, existem milhares de ideias. Se você botar na Internet vai encontrar várias. Mas, o importante é que você entenda que nada irá acontecer se você ficar parado igual uma árvore e não partir para ação.

Terá que colocar a mão na massa e começar a agir para que as coisas mudem. Então, arregaça essas mangas e vamos gerar renda extra.

Um beijo para cada um de vocês,  fiquem todos com Deus e até o próximo artigo. Tchau.

Coelba: Como emitir a segunda via da conta?

by Labor 0 Comments

A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia – COELBA é a maior concessionária e responsável pelo fornecimento de energia elétrica da região norte e nordeste do nosso país.

Se formos comparar a nível nacional, a Coelba é a terceira maior distribuidora em número de clientes, e a sexta quando comparado o volume de energia fornecida por suas instalações para os habitantes que estão sob a sua cobertura.

No total, ela atende cerca de 14 milhões de habitantes em uma área de abrangência de, mais ou menos, 563 mil metros quadrados.

Para ter uma ideia de sua grandeza, a Coelba está presente em 415 dos 417 municípios do estado da Bahia, atendendo cerca de 5,2 milhões de clientes, com 88% de seus clientes sendo moradores de residências.

Sua grandeza não é calculada apenas em atendimento, mas também no pioneirismo de suas ações para melhorar seu trabalho e estimular o desenvolvimento do uso de energias renováveis, valorizando a eficiência enérgica em todos os seus serviços.

Como emitir a segunda via da conta?

Se você não recebeu a sua conta por problemas nos Correios ou mesmo perdeu a conta que chegou em sua residência,  fique tranquilo.

Existem uma série de possibilidades que você pode acionar para conseguir a segunda via da sua conta, ou até mesmo pagar apenas com o número do código de barras.

Abaixo estão as principais possibilidades para você:

Pagamento através do código de barras: a Coelba disponibiliza um número de atendimento que você pode ligar 24 horas por dia para esclarecer dúvidas, informar sobre falta de energia e informar que a sua conta de luz não chegou: 0800 071 0800.

Neste caso, é possível solicitar o número do código de barras da sua conta. Com ele, é só ir ao banco ou casa lotérica, informar o número e pronto: conta paga.

A única exigência para essa possibilidade é de que você tenha uma conta antiga para ter acesso ao seu número de contrato da sua conta.

Imprimir coelba 2 via: Caso você não queira ligar para a central da Coelba e prefira resolver tudo online, temos uma outra possibilidade.

Neste caso, é realmente necessário que você tenha uma conta antiga, pois é indispensável o número do seu contrato. Ele é fácil de identificar, fica no lado direito, um pouco abaixo do valor da conta.

É um número de 10 dígitos e que, provavelmente, começará com dois zeros.

Com esse número, acesse servicos.coelba.com.br e clique em “Segunda Via de Contrato”.

Ali, será necessário colocar o número de sua conta do contrato e um número de confirmação que estará para você ver.

Depois disso, pronto, é só clicar em “autenticar” e você terá acesso a todas às suas contas antigas. Escolha a que você quer e encaminhe para imprimir, sem segredos.

Na verdade, existe, sim, um último segredo: se você quiser, não há nem necessidade de imprimir sua conta para pagar.

Através da internet, você consegue acessar o banco o qual você tem conta e pagar direto a fatura do mês que você precisa. Neste caso, obviamente, será necessário digita o número do código de barras.

Mas só as vantagens envolvidas em você não precisar sair do conforto da sua casa nem para pagar uma conta, já valerá muito a pena.

Dicas para pagar menos na conta de água

by Labor 0 Comments

Atualmente é possível adotar algumas medidas para economizar na conta de água, ajudando assim não apenas o meio ambiente, principalmente em épocas de seca, mas também ao bolso do usuário no final do mês.

Veja abaixo algumas dicas e informações importantes sobre a tarifa social sabesp, um programa da cidade de São Paulo que tem como objetivo gerar descontos para famílias de baixa renda.

Mais atenção no banheiro

Sempre tome banhos mais rápidos, preferencialmente se ensaboando com o chuveiro desligado. Utilize um balde embaixo do chuveiro para poder reutilizar a água para lavar calçadas, quintal ou para dar a descarga.

Adote uma descarga com caixa acoplada ao vaso sanitário, esse modelo, utiliza apenas seis litros de água por descarga.

Feche a torneira ao escovar os dentes.

Evite torneiras pingando. O pinga-pinga de uma única torneira durante um mês, equivale ao gasto de quase 2000 litros.

Para resolver esse tipo de situação, o mais indicado é buscar um profissional que saiba como reparar o defeito, apertar o registro com mais força irá resolver o problema por pouco tempo, mas não irá demorar para causar desgaste na arruela e agravar o vazamento.

Mais atenção ao lavar coisas

Ao lavar a louça, sempre feche a torneira na hora de ensaboar os utensílios. Além disso, o uso do arejador nas torneiras pode gerar uma economia de até 80% da água utilizada.

Só utilize a máquina de lavar quando ela estiver no máximo definido pelo fabricante. Cada máquina de lavar gasta em média 135 litros de água por lavagem.

Reutilize a água da máquina de lavar para lavar a calçada ou o quintal.

Nunca use a mangueira para lavar o quintal ou calçada e varrer a sujeira. Uma mangueira ligada por apenas 15 minutos chega a gastar até 280 litros de água.

Ao lavar frutas, verduras e legumes, encha uma panela ou tigela com água, evite a água corrente. Após isso, é possível utilizar a água para lavar o chão ou usar na descarga do banheiro.

Utilize a vassoura e para uma limpeza mais pesada, utilize água da chuva, reaproveite a água da máquina de lavar ou encha baldes.

Evite lavar seu veículo em épocas de seca, se não for possível, limpe o veículo usando um balde e pano ao invés de uma mangueira.

Ao regar as plantas, procure usar a mangueira com esguicho ou o regador. Lembrando que no inverno pode-se regar as plantas dia sim, dia não.

Tarifa social sabesp

A tarifa social é um benefício concedido pela sabesp para famílias de baixa renda e que são moradores da cidade de São Paulo.

O benefício gera desconto no valor da fatura para famílias que seguem os seguintes requisitos:

  • Possuir renda de até 3 salários mínimos por família;
  • Morar em habitação “subnormal” – que não possua condições normais de segurança, salubridade, dimensão e durabilidade, situação avaliada e liberada pela Prefeitura da cidade de São Paulo;
  • O local deve possuir até 60m²;

Caso o consumidor esteja desempregado, ele precisará provar que seu último salário foi de menos de 3 salários mínimos, e terá o benefício liberado por 12 meses não podendo estender esse tempo.