A realidade da aposentadoria no Brasil

by Labor 0 Comments
A realidade da aposentadoria no Brasil

No artigo de hoje quero falar sobre um assunto que tem um pouco de polêmica, mas acho que o mais importante…Tem muito tabu.

Muitas pessoas não querem acreditar no que está acontecendo. Não querem cair na real. O tema do post de hoje vai ser a dura realidade da aposentadoria no Brasil.

Eu falo sobre a questão “polêmica” porque tem rolado um papo sobre a questão da reforma da previdência.

Dependendo de quando você esteja lendo esse texto, pode ser que ela já tenha rolado, pode ser que ela não tenha acontecido.

Mas eu vejo muita gente preocupada com a reforma da previdência…Vão mexer com as regras? Vai afetar seu bolso?
E isso e aquilo…Algumas pessoas a favor, outras pessoas contrárias.

E o meu objetivo nesse artigo não é falar especificamente sobre isso… É dar minha opinião sobre isso.

Previdência Privada no Brasil

O fato é que existe um déficit imenso de centenas de bilhões de reais e que mais dia menos dia ele vai ter que ter algum tipo de mudança para poder essa conta fechar em algum momento.

Mas o que é o mais importante aqui é que eu vejo as pessoas preocupadas com isso, mas não caem na real que atualmente mais de 99% dos aposentados brasileiros não são financeiramente independentes. E por que isso acontece?

Porque essas pessoas, em sua grande maioria, dependeram apenas no INSS para poder se aposentar.

O que muita gente pensa é o seguinte: “Ah não, vou trabalhar por 30, 35, 40 anos e lá na frente vou ficar com minha liberdade financeira. Vou alcançar minha tão sonhada tranquilidade financeira e curtir meus últimos dias.”

Você já parou para pensar que essa conta não fecha? Você já parou para pensar que a aposentadoria tradicional, mesmo com as regras atuais…

Quaisquer que sejam as regras… Ela vai te empobrecer ao longo do tempo? E porque que isso acontece?

Porque se você parar para pensar e fizer uma busca rápida, você vai ver que a correção dos valores da aposentadora, eles muitas vezes ficam abaixo até da inflação.

Em compensação o custo de vida das pessoas mais velhas sobe assustadoramente. O custo sobre assustadoramente. Principalmente a questão de saúde.

Planos de saúde, custos relacionados à questão de saúde. Tudo vai ficando mais caro. Então, o que as pessoas não perceberem é que além de o dinheiro estar sendo corrigido numa velocidade menor, o seu custo vai crescendo cada vez mais.

Uma outra dica é que você confira seu extrato pagamento INSS e ver como os valores são baixos nos últimos anos.

Como planejar o futuro sem depender da aposentadoria?

Por isso que muitas vezes lá na frente as pessoas precisam depender dos seus parentes… Seja dos filhos, sejam os irmãos…Quaisquer que sejam os parentes.

Ou depender de algum tipo de ajuda externa. Ou passar dificuldades grandes. Ou ter que diminuir demais seu padrão de vida.

Vender parte do patrimônio que tem para conseguir sobreviver até o final da vida. E por que estou falando isso tudo?

Porque eu vejo muita gente preocupada com essa questão da reforma da previdência, mas não está preocupado com o próprio futuro em si.

Porque independente de ter reforma ou não, isso não vai garantir um futuro financeiro tranquilo para você. Essa que é a grande questão, independente da sua idade atualmente.

Se você ainda é jovem, você tem muito tempo para mudar esse cenário. Se você não é mais tão jovem assim, qualquer
tempo que tiver é o suficiente para fazer algum tipo de mudança na sua vida.

Mas o que você precisa entender de uma vez por todas é que o seu futuro está em suas mãos. Acho que essa que é a grande questão. O que é mais interessante é que o segredo, vamos dizer assim…

O “segredo”, uma palavra tão mística… Mas o segredo para você ter sucesso, sucesso financeiro é gastar menos do que você ganha e investir essa diferença com qualidade.

Tem muita gente que fala, “Ah, isso é muito repetitivo, todo mundo fala isso”. É. É porque muitas vezes você entende esse “gastar menos do que você ganha” como “tenho que poupar o máximo que eu puder”, “tenho que baixar minha qualidade de vida”, “não posso gastar com nada que seja extra”. Não tem nada a ver com isso.

Um orçamento equilibrado permite que você faça gastos extras. E o que é mais interessante ainda, a frase do jeito que é formulada: “Gastar menos do que você ganha”.

Parece que a única forma de você fazer sobrar dinheiro é gastando menos. Mas também tem o lado do ganhar mais. Você também pode ganhar mais dinheiro.

Você pode buscar não só formas de se aperfeiçoar profissionalmente para crescer, para seguir uma carreira de mais sucesso, uma carreira de mais remuneração…

Como criar projetos paralelos, ter seu próprio negócio, qualquer que seja o caminho que você vai seguir. E existem inúmeros, tá? Existem inúmeros caminhos.

Criar seu próprio negócio, aumentar sua renda, se tornar um profissional melhor. Existem inúmeros caminhos para você aumentar sua renda.

Então, você ter mais sucesso financeiro passa não só por você gastar menos, mas também como ganhar mais. Quanto mais você ganha e menos você gasta.

Você estabelece um padrão de vida legal e aproveita cada aumento de renda para poder investir mais no seu futuro financeiro, melhor vai ser sua vida financeira. É fácil fazer isso? Não, fácil não é.

É divertido? Para muita gente não. Você está abrindo mão para estar gastando algo agora para poder cuidar do seu futuro…

Muitas vezes as pessoas pensam, “Eu nem sei como vai ser o dia de amanhã.” Mas se o dia de amanhã chegar e você não estiver protegido, não estiver preparado? Como é que vai ser o dia de amanhã? Essa que é a grande questão.

Para muita gente, quando tem um pouquinho mais de dinheiro sobrando, as pessoas já pensam, “Ah não, eu quero
comprar uma casa maravilhosa, um carro novo, ostentar um estilo de vida muito melhor.”

E claro, isso passa pela cabeça de todas as pessoas, mas a grande questão é: eu quero ter isso agora em troca de um futuro totalmente comprometido? De um futuro onde eu possa vir a passar necessidades?

Onde eu possa vir a baixar demais meu padrão de vida? Eu posso vir a ser um estorvo para meus filhos ou para meus irmãos, o que quer que seja, porque eu vou ter que depender deles. Eu tenho certeza que você não quer isso.

Acho que essa é a grande reflexão.

Leave a reply

Your email address will not be published.